Manutenção preventiva - Notebook Samsung RV415 CD3BR

Arquitetura AMD voltada para o uso doméstico/escritório, o RV415 CD3BR surpreende com uma placa de vídeo bastante avançada, suporte estendido para upgrade de HD e RAM, HDMI e VGA externos e bateria bastante razoável

Boa máquina. Simpatizo bastante com a marca e sempre tive algum equipamento Samsung por perto. Esse aí foi comprado em dezembro de 2012 e já veio com Windows 8 SL x64. Com uma configuração doméstica avançada se comparado aos concorrentes - tem uma placa de vídeo bem boa - tenho utilizado fortemente cada recurso da máquina com bastante satisfação. Como nunca foi aberto, achei que já era hora de limpar. Dito e feito: estava bem sujo.

Aproveitei para tirar fotos da mais nova técnica - não tão nova assim - para cortar custos do mercado: vamos soldar tudo! Sim, meus caros; a moda agora é soldar até os módulos de memória RAM... felizmente, não é meu caso, mas já muitas máquinas com RAM soldada e o cara não consegue fazer upgrade senão do HD. E não duvido que daqui uns anos os HDs venham soldados também. É o progresso que lhe coloca uma arma na cabeça e obriga a comprar tudo de novo.


Processador soldado na MB

Pelo menos memória eu consigo trocar

Depois da manutenção

Depois da manutenção

Remontando o notebook

Aspecto superior (fechado)

** 12/01/2015

Me convenci a atualizar pro Windows 10 de vez. Na época em questão, quando a Microsoft liberou a atualização, o fiz, mas tive problemas com o driver wireless que a Atheros não fornecia suporte. Alguns meses depois, utilizando o Windows 8.1 original de fábrica, optei por instalar o Windows 10 novamente em definitivo. Claro que gostei, mas é necessário desativar vários serviços e aplicativos para que o SO opere de forma clara com o usuário, mas, tirando esse lado negro do SO, o que fica é realmente muito bom. O Windows 10 se mostrou mais leve e mais rápido do que o 8.1 e, por esta razão, meus mais sinceros cumprimentos à equipe de desenvolvimento e pesquisa da Microsoft. 

Adoro Linux, sou defensor do software/hardware livre - com algumas reservas - e apoio toda e qualquer revolução tecnológica. Mas convenhamos, cá entre nós: Windows sempre será a plataforma de trabalho mais realista do mercado. Por esta razão - e em respeito ao Microsoft Team - que sigo utilizando o Windows profissionalmente. E não penso em deixá-lo tão cedo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar neste blog, você estará concordando de forma automática e amigável que o teor de seu comentário é de sua total e irrestrita responsabilidade, que Lucas Toledo não endossa ou compartilha de sua opinião e que este site não possui qualquer vínculo direto ou indireto com possíveis reações e/ou repercussão posteriores.

Ofensas, publicidade - incluindo comentários não produtivos com a intenção de divulgar blogs ou sites - ou qualquer conteúdo em desacordo com o blog não serão publicados.