Salvando seu atendimento de hoje: driver, utilitário e tutorial de instalação Gertec G250

Ainda não entendo como pode um fabricante em terras brasileiras lançar um produto e esconder o software. Esse é o caso da Gertec com a sua G250. Você não vai encontrar facilmente esse driver por aí, assim como muitos colegas da área passaram aperto em atendimentos envolvendo esse modelo, que é bem recente.
 
Sem mais delongas, vou disponibilizar aqui no Drive para que você não passe mais aperto quando precisar reinstalar essa impressora, que por sinal, é muito boa.

Baixe aqui o driver, utility e tutorial de instalação da Gertec G250 e seja feliz ; )

Fonte ajustável com duplo LM317 (quando não tem transistor em bancada pra montar booster!)

Session.

Dia desses precisei de uma fonte com precisos 20V que fornecesse 2.6A de pico. Simples, não é? Basta pegar um LM317 e colocar um transistor PNP parrudo formando aquele booster de corrente esperto e famoso. Mas faltou esse PNP parrudo e eu realmente tinha pressa em resolver isso. Solução rápida e cara: usar dois LM317 em paralelo para formar um booster mais especial.

Não é a solução mais elegante e nem de longe, a mais barata. Mas quando a situação requer uma solução rápida é que se revelam grandes ideias. Funciona perfeitamente sem qualquer problema, consegui alimentar a placa para verificar um reparo com sucesso e, de quebra, ainda coloquei em prática essa gambiarra ideia que tenho há muito tempo - que alguém por aí já deve ter tido algum dia. A vantagem é que você tem todas as proteções do CI ativas sem nenhuma modificação direta no esquema, é literalmente dois LM317 trabalhando como se fossem um só.

Só um aviso: se não tiver um dissipador parrudo, você precisará de um cooler para forçar a ventilação. O conjunto aquece bastante a partir dos 1,7A e sabemos que circuitos integrados reguladores não gostam de trabalhar muito quentes. Gostei tanto dessa solução inusitada que talvez até aprimore esse circuito aí, vamos ver.
 
Clica que amplia

 

KB5000XXX BSOD 2021 Windows 10 - Deu tela azul aí também?

Vou ser bem sucinto porque a Internet já está inundada dessa informação. Session.

Nós, macacos velhos da TI, sabemos que de tempos em tempos a MS (Microsoft para os íntimos) lança um KB (atualização para os íntimos) que causa de pequenos incômodos a grandes dores de cabeça. Muitas vezes acabamos reinstalando o Windows para ganhar tempo ao invés de procurar qual KB causou o problema. Dessa vez o KB gerava uma tela azul da morte com o código de erro APC_INDEX_MISMATCH ao enviar uma impressão, seja para impressoras de cupom fiscal, laser ou jato de tinta. Tanto faz. O Windows escolhia uma das suas impressoras e dava a ela o poder da Blue Screen Of Death: era certinho, mandava impressão e tomava uma tela azul na cara.

Tive inúmeros problemas em clientes com automação comercial desde o dia 11/03. Mas para não alongar demais, a solução:

- Desinstale TODAS as atualizações possíveis instaladas a partir do dia 10/03/2021 até 12/03/2021 (ou iniciadas com KB5000XXX) e reinicie o computador
- Desinstale COMPLETAMENTE os drivers da impressora que deu problema (somente a impressora que deu tela azul, não precisa remover de todas)
- Reinstale os drivers da impressora que deu problema e seja feliz!

Tive um único cliente que a solução não resolveu o BSOD, mas no caso dele, a instalação já estava bastante bagunçada mesmo e o Windows foi reinstalado e atualizado. Felizmente a MS já se deu de conta da cagada e suspendeu essa atualização até que ela mesma (a MS) entenda o que causou isso.

Provavelmente ainda teremos alguns casos em máquinas que já baixaram esse KB mas ainda não o instalaram, então, se você se deparar com esse pequeno caos do Tio Bill, aplique essa solução antes de pensar em formatar a máquina e reinstalar o Windows. Na maioria dos casos, levei menos de 20 minutos para executar todo o processo. Um fato curioso é que TODOS os clientes que atendi com essa demanda não possuíam licença do Windows 10 enquanto que TODOS os outros clientes que tenho que possuem licenciamento não sofreram com esse KB - ele está instalado lá.

Boa sorte!

Home theater 5.1 Timpano H5902 - compra 'no escuro', reparo e informações

Session.

Quem acompanha este humilde blog sabe que adoro garimpar coisas na OLX. E que quase sempre encontro coisas bem legais. Dessa vez foi esse home theather 5.1 com somente a informação 'não liga'. Gosto dessa informação 'não liga' porque a chance de reparo costuma ser maior do que aquelas do tipo 'só não sai som'. Porque 'não liga' pode ser um fusível, uma ressolda e o 'só não sai som' pode ser um microcontrolador ou processador de áudio quase impossível de ser encontrado no mercado - na remota chance de você conseguir identificar o carinha, já que essas peças costumam vir com a impressão raspada. Vamos ao que interessa.

Comprei por R$ 50 e fui buscar longe. O vendedor garantiu que tudo estava lá dentro, que nada foi retirado, então, na hipótese de não conseguir reparar o home, teria muito mais que esse valor em peças lá dentro. E não tinha todos os satélites, somente dois deles e com os cabos cortados. Paciência. Retirei a tampa traseira e já fiquei contente só de ver um baita dissipador, um trafo parrudo e várias peças boas. Mas fiquei ainda mais feliz quando vi os canais tocados pelo TDA 2030! Ah, esse CI é muito bom - não chega perto do queridinho LM 1875, mas é bom! O fusível de entrada da rede elétrica é de 1A e estava aberto. Troquei e liguei o home na lâmpada série para evitar mais problemas e para minha surpresa, nenhum curto se manifestou. Bom sinal: as tensões que alimentam as potências (enrolamentos de 12V + 12V e 14V + 14V x 2,8A) estavam lá mas o terceiro enrolamento de 10V x 500mA estava totalmente sem tensão. Seguindo as trilhas na placa, vi que ele é dedicado ao regulador de 5V da lógica que controla tudo nesse aparelho. Um resistor SMD estava torrado na linha de entrada retificada desses 10V (AC 10VAC -> diodos retificação onda completa -> capacitor 470MF x 25V -> resistor SMD 2,2R -> resistor SMD valor desconhecido torrado -> regulador 7805) e a julgar pela configuração, era também de valor baixo servindo apenas como um fusistor. Alimentei diretamente o 7805 com uma fonte de 7,5V e medi sua saída totalmente estável em 5V. Decidi ligar tudo e surpreendentemente funcionou de primeira todas as funções. O subwoofer dele é muito potente, pela rápida passada de olho na configuração, os TDA 2030 estão em ponte para tocar os graves - configuração bastante comum nos home theater de entrada. Não testei o leitor de cartão SD, mas a entrada USB está funcionando perfeitamente, assim como o rádio FM. Infelizmente não encontrei informação relevante sobre ele na internet, menos ainda no Mercado Livre.

Como não tinha um trafo pequeno entre 10V e 12V x 500mA em mãos e queria muito utilizar o home, optei por uma solução pouco ortodoxa: a fonte que utilizei de teste de 7,5V x 500mA chaveada foi fixada dentro da caixa. É a solução mais elegante? Não. É a melhor escolha? Não. Mas é o que deu pra fazer agora. Com mais tempo, vou procurar em casa alguma fonte antiga que ainda use trafo pra fazer um serviço mais elegante nesse home. 

Também quero comprar satélites novos pra ficar tudo padrão. Também quero revisar canal por canal pra ver se todas as saídas estão trabalhando corretamente, já que esse CI é bastante sensível e quando não queima, deixa a saída pro falante com potência reduzida. No mais, valeu o garimpo e certamente vou ficar com ele por muito tempo. A caixa é de madeira, bem pesada, e está num estado de conservação excelente. Fotos? Tem sim.