Perdeu o compartilhamento das impressoras? Windows 10? Remova os KB e seja feliz!

Hoje já atendi três clientes por remoto com o mesmo problema: ontem imprimia e hoje não. Em comum, uma atualização do Windows 10 que entrou acabando com a comunicação de impressoras compartilhadas e tornando impossível reinstalar novos compartilhamentos - o Windows sempre apresenta erro e a impressora que antes funcionava, fica sem nenhuma porta.

Simples e sem enrolação: remova TODAS as KB's entre 12/10/2021 e 15/10/2021. Ou período maior, caso não resolva. Tudo volta a funcionar após reiniciar o Windows. Aproveita e também desabilita as atualizações automáticas pelo gpedit.msc e pronto.



Registraram um domínio e estão usando a marca diyPowered! =O

Hoje pela tarde - mais de um ano após o registro do domínio - fiquei sabendo que houve um registro .com para o diypowered. E tem até um 'site' online. Infelizmente é uma prática comum de pessoas e empresas sem o menor senso de ética: eles registram um domínio, colocam qualquer coisa no ar - ou não - e quando o dono de uma marca ou nome descobre, eles querem transferir o domínio a preços altíssimos.
 


 

 
Como o diyPowered não gosta de gente assim, vou fingir que nem soube. Parabéns a você que registrou o diypowered.com achando que eu vou pagar seus dólares. Faça bom proveito, sir!

Deu pau no Linux? Esqueceu a senha? Odeia Linux? Vamos lá!


Session
.

Quem me conhece sabe que eu odeio Linux. Acho arcaico, feio, burocrático, desleixado, desnecessariamente complicado de ser operado, nada democrático e nada popular. Estável e seguro até não ser mais, e quando isso acontece é um deus nos acuda. Essa é a minha opinião particular, não estou aqui levantando polêmica barata nem quero aparecer: é a minha posição em 18 anos de TI e vários clientes arrancando os cabelos por conta de um servidor Linux que simplesmente para sem nenhum aviso prévio concreto. 

E isso aconteceu com um cliente recentemente que operava um servidor de arquivos Linux 24/7/365 numa rede local com cerca de 15 computadores. Esse servidor não era vital quanto o de sistema (que é um Windows Server 2016) mas continha arquivos importantes o suficiente para que ele ficasse perplexo com a situação. Um programador que manjava de Linux cobrou a bagatela de R$ 600 a hora técnica para tentar recuperar os dados - subindo novamente o Linux. Claro que o cliente não quis. Eu odeio Linux, você sabe, mas adoro uma briga boa e um cliente sorridente. Vou resumir a história agora.

Não tinha tempo (nem saco) pra subir a distro novamente e o cliente precisava com urgência de alguns documentos digitalizados que estavam nesse servidor, num HD de 500GB danificado, com bad blocks em cada esquina e com o S.M.A.R.T. gritando. Mas isso o Linux não avisa, oh no. Ah, o cliente em questão só se deu de conta que tinha algo errado com esse servidor porque a gravação e a leitura pela rede estavam muito lentas, e também me disse que observou a luzinha vermelha da cpu acesa o tempo todo. Peguei o disco, coloquei no meu PC de bancada véio de guerra via SATA e rodei o Ext2explore.exe - dica antiga mas que funciona bem até hoje. O executável escaneia o PC em busca do(s) disco(s) com partições Linux e mostra todas as pastas e conteúdos disponíveis. Lembra bastante o salvador da pátria Ghost Explorer. Daí ficou fácil, só salvar as pastas ou arquivos que você precisa e pronto. Essa cópia levou cerca de 3 horas, e todos os mais de 300GB foram recuperados com sucesso. Vou deixar o executável disponível no Drive para quem precisar se livrar do Linux salvar clientes um dia também.

E agora? Bom, o cliente me pediu para montar um servidor de arquivos novinho pra ele, igual àqueles que montei em junho pra ele: com Windows Server 2016. 

Aprecio bastante o software livre, acho muito relevante que o conhecimento seja para todos e que todos possam colaborar de alguma forma para que esse conhecimento seja disseminado para o bem. Só não concordo em utilizar software livre - como um servidor Linux - para grandes operações quando você não possui um suporte técnico eficiente e especializado para resolver em tempo hábil problemas graves.
 
Baixe aqui o Ext2explore e seja feliz!

Drivers para NTB Positivo Motion Plus Q464B, Multilaser PC10X e outros modelos


Não vou falar mal nem da Positivo e nem da Multilaser. Não vou não. Mas vou ajudar você com esses drivers estranhos e difíceis de encontrar. Funcionaram para Windows 8 e 10 x64, não testei em x86. 
 
Esses drivers também servem para outros modelos e marcas que utilizam a mesma plataforma. Boa sorte!

Fonte ATX C3 Tech PUF-400S - outra opção de fonte low cost

Falei antes sobre uma fonte Aerocool que repercutiu bastante e até hoje está entre um dos artigos mais vistos do blog. Dessa vez, temos uma C3 Tech, outra fonte também low cost como a Aerocool mas com algum plus para competir. Vamos lá.

Uma das grandes diferenças entre as duas é que a C3 Tech possui os filtros básicos e proteção com varistor, isso faz toda a diferença quando se fala de fonte chaveada. A montagem segue a mesma base de sempre, sem grandes novidades. Também tem controle automático de rotação do cooler por termistor, tornando a operação bastante silenciosa. Outra coisa bacana são os capacitores na saída, bem dimensionados e distribuídos, utilizando o tipo correto de eletrolítico para essa finalidade. 

Fiz algumas considerações a mais sobre fontes low cost no artigo da fonte Aerocool que não vou repetir aqui, mas que vale a pena você conhecer. Tem fotos!
 












Protetor para aparelhos elétricos e eletrônicos com fusível rearmável e filtro de linha (com esquema elétrico)

Adoro varistores. E adoro proteções AC. Depois dos PROCATER, quis adicionar uma etapa extra para equipamentos mais susceptíveis às desgraças da rede elétrica, como eletrônicos audiovisuais. Não tem grandes mistérios nesse protetor, somente um filtro básico, uma linha defensiva de varistores e um fusível rearmável de 12A que pode ser alterado de acordo com a sua necessidade. Um circuito simples e muito eficiente que certamente pode salvar sua TV smart, seu home theater, aparelho de som etc.
 
Antes de qualquer coisa, tenha muito cuidado ao realizar qualquer tipo de reparo, instalação, alteração ou quaisquer tipos de intervenções em equipamentos elétricos, mecânicos ou eletrônicos. Primeiramente, pela sua segurança. Não me responsabilizo por quaisquer prejuízos sofridos por você e/ou por terceiros. Faça por sua própria conta e risco.

Adicionei uma chave com neon em SW1 para dar um visual de ligado quando as saídas estão ativas e também outro neon indicador de atuação do fusível rearmável, que se ilumina quando o circuito é interrompido. Simples, eficaz e agressivo. Esquema elétrico abaixo se você quiser transformar aquela sua extensão 'filtro de linha' em algo útil. Não há componentes críticos, mas você deve ficar esperto ao trabalhar com tensões AC. Não se mate!
 
A lâmpada neon indicadora de atuação do fusível rearmável é opcional, assim como a chave SW1 que pode ser omitida ou substituída por equivalentes. O case plástico utilizado na montagem era de uma fonte chaveada de monitor de vídeo, que serviu perfeitamente para encaixar as tomadas de saída retiradas de uma extensão. Tudo lixo eletrônico ganhando vida. Boa sorte!
 




Neon indicador de atuação do fusível




Fontes ATX 'genéricas' - adicionando proteções AC adicionais (como melhorar a fonte do PC)

Session.

Fontes ATX padrão são ruins. Resumindo. Pior ainda se você usa direto na rede AC, sem passar por nobreak ou coisa do tipo. Muitas vezes essas fontes chegam a pegar fogo porque o fusível não abre em tempo de evitar isso. Claro que pode ser trabalhoso para uma fonte tão barata, mas você pode aplicar esse exemplo a qualquer outra fonte que necessite de maior proteção.

Basicamente, vamos adicionar os capacitores X1, X2, bobinas e varistores ao circuito, que geralmente traz a marcação no layout da placa mas não estes componentes. Vamos ilustrar:

Esta é uma fonte comum sem qualquer componente
de proteção na entrada da rede

Aqui, a fonte já com os componentes montados e
pronta para uso mais seguro

Adicionais já na entrada do cabo de força

Aspecto da montagem final no gabinete


Vale a pena investir numa fonte dessas? Sim, se você pretende trabalhar com maior segurança. Porque dessa maneira, o fusível trabalhará com maior eficiência devido aos varistores que atuarão rapidamente. Varistores são fantásticos, se você conhece pouco recomendo estudar sobre eles.

Reparo monitor de vídeo LG Flatron W1943C-PF/W1943CV: LED vermelho tremulando/tela apagada ou piscando backlight

Session.

Defeito comum nesse modelo (e em alguns outros) causado pelos eletrolíticos C354/C355 de 220uF x 16V. Este é o quarto monitor que reparo de mesmo modelo de um macroatacado da cidade e o defeito é sempre o mesmo:

1. LED vermelho pisca e logo se apaga OU fica tremulando 
2. Lâmpadas da tela acendem e logo se apagam OU nem acendem
3. LED vermelho se ilumina, lâmpadas acendem, aparece o logo LG e tudo apaga (fica nesse loop)

Sem dramas e sem maiores delongas, simplesmente troque os capacitores para resolver esse problema. 
 





Como instalar um alerta sonoro de farol ligado no carro? Parte final (montagem padrão)

Se você não leu a primeira parte do projeto, clica aqui

Esse é o aspecto final do projeto: caixinha plástica padrão, circuito compacto, tudo P2P (ponto a ponto, sem placa) para reduzir custo e aprimorar o contato entre os componentes e interior totalmente selado.

Ainda não instalei no carro, mas claro que vou registrar todo o processo pra você acompanhar. Lembrando pra quem já sabe e informando pra quem chegou agora, os projetos pro meu carro são postados num blog específico e não mais aqui.

A fiação é bem intuitiva: fio preto GND (massa, negativo da bateria), fio vermelho positivo da chave de farol (lado que vai pro farol, obviamente!) e fio amarelo ACC. Não tem ajustes nem nada, só instalar seguindo essa regrinha aí. Não vou repetir o funcionamento do circuito porque todos os detalhes e possíveis modificações estão na postagem anterior.
 
 




 



** 14/06/2021

Após a finalização do projeto deu aquela coceira pra instalar logo, sabe como é. Fotos, dicas e vídeo demonstrativo a seguir. Tutorial de instalação completo será publicado no site I love my QQ.