Reparo geladeira Consul Facilite CRB39ABBNA51 (congelando dutos, não degelando, não gela embaixo)

Session.

Há alguns meses tenho me incomodado com a Consul Facilite CRB39ABBNA51 que temos em casa há 8 anos. É um refrigerador simples, pequeno e de controle eletrônico da temperatura e degelo automático - o famoso e indispensável frost free. O problema é recorrente pelo que pude ver na internet: ela permanece por muito tempo ligada, a temperatura interna chega aos 5ºC até que, de repente, começa a aumentar devido ao congelamento do duto que leva ar frio para baixo. Daí que ela não desliga mesmo, já que o sensor da parte de baixo 'informa' que a temperatura está alta, chegando a congelar muito próximo ao ventilador do congelador, podendo até travar ele... 

Também não funciona o frost free, o que leva um problema de encontro ao outro. Mas a solução é bem simples e barata, perto do que custa um reparo em assistência técnica ou ainda, um novo refrigerador. Basta paciência, boa vontade e um quê de curiosidade para economizar uns bons dinheiros e ainda de quebra, aprender algo novo.

Primeiramente, esse reparo serve para outros modelos também, que utilizam a mesma tecnologia e até os mesmos sensores. Mas antes de sair feito louco comprando os sensores apenas, teste a 'resistência' de degelo - não gosto desse termo para esse componente, mas ilustra melhor e também o termofusível. Muitas vezes a geladeira deixa de executar o frost free por conta dela, que abre. Assim como o termofusível. Meça a resistência com multímetro na escala de Ohms e você deverá encontrar uma leitura baixa, como se deve esperar de um resistor. Se não encontrar valor algum, compre uma nova resistência também, custa barato. Já o termofusível, a leitura deve ser zero, ou seja, como se fosse um curto-circuito. Como meu elemento de aquecimento - a 'resistência' de degelo - está bom, comprei somente os sensores, dois de temperatura e o termofusível, todos originais da montadora do equipamento. Resolvi trocar também o termofusível, para deixar todo mo conjunto novo. Um dos sensores de temperatura vai no congelador, preso à serpentina enquanto que o segundo sensor fica na descida do ar frio para a parte de baixo, onde você guarda sua comida. O termofusível vai próximo à 'resistência' e funciona como uma proteção caso ela permaneça ligada, impedindo de derreter tudo ali dentro.

Esse kit é original, veio até com aqueles conectores de emendas Scotchlok 3M incríveis pra você não precisar fazer aquela chinelagem com fita isolante. Daí você diria 'ahhhh mas como você ia fazer sem essas emendas da 3M?!' e eu diria 'ahhh com espaguete termorretrátil e solda né'.

Vamos começar?

Antes de qualquer coisa, tenha muito cuidado ao realizar qualquer tipo de reparo em equipamentos elétricos ou eletrônicos. Primeiramente, pela sua segurança. Não me responsabilizo por quaisquer prejuízos que você possa causar ao equipamento, a você e/ou a terceiros. Faça por sua própria conta e risco.

Comece deixando a geladeira desligada e de portas abertas a noite toda pra descongelar. É sério, se você tentar desmontar ela congelada, vai destruir o isolante interno que é de isopor. Ele fica totalmente preso pelo gelo e você vai estragar tudo se tentar fazer assim. Feito isso, solte a bandeja inferior 'mais frio', a porta dela e também a porta do 'congelador'. A porta do congelador tem um pino superior que deve ser pressionado com uma chave para liberar a porta, tem uma mola na parte de baixo dele. Fácil.

Solte as travas da base do congelador nas laterais por embaixo e puxe para fora. Pronto, você abriu caminho e precisa agora soltar os dois parafusos na parte superior da tampa e puxar as travas que ficam mais ou menos no meio dessa tampa central. Tem marcações ali, só puxar pra fora com uma chave de fenda.

Puxe gentilmente a tampa. Tire o isopor e voilà. Com tudo isso feito, basta soltar o sensor de temperatura e o termofusível. O sensor você tem que cortar os fios mesmo, corte bem rente ao sensor pra ficar mais fácil de fazer as pontas e as emendas com o novo sensor utilizando o reparo da 3M que vem junto. O termofusível tem um conector que está coberto por essa fita preta, só descolar a fita e cortar a cinta plástica - presilha, abraçadeira, enforca gato etc. - para soltar o conector. 

O sensor de temperatura do congelador está envolto na manta metálica, abra com cuidado pra não detonar ela. Faça as trocas usando o reparo de emenda 3M, embrulhe o sensor novamente na manta metálica e o prenda com cinta plástica bem firme, como estava o anterior.

O termofusível novo é só conectar no lugar do antigo, fixar na mesma posição que estava antes com cinta plástica e recolocar a fita preta prendendo os conectores e os fios, pronto.

O sensor de temperatura da parte de baixo fica colado com uma espécie de silicone branco. Puxe ele e corte os fios, repita o mesmo processo de troca do sensor de temperatura do congelador. Igualzinho. Não tem polaridade aí, ok? Positivo e negativo e tal. Só cortar o sensor velho e colocar o novo. Eu colei o sensor novo com a boa e velha pistolinha de cola quente, e colei os reparos de emenda 3M na parede interna pra ficar padrão.

Curiosamente, somente o sensor de temperatura que vai fixado na serpentina estava com valor muito alterado (quase o dobro do valor nominal). O sensor de temperatura interna tinha pouca variação. Troquei o termofusível que estava bom, como falei antes, por vaidade. Só mesmo pra deixar tudo novo.

Finalizando

Fixe os sensores da mesma forma que estavam fixados antes, nas mesmas posições. Não tem mistério. Remonte a geladeira seguindo a ordem inversa de desmontagem e pronto. Se você fez tudo certinho, seus problemas acabaram. Fiquei bastante contente em ver a geladeira trabalhando normalmente após meses de problemas. Liga o compressor, baixa a temperatura e desliga o compressor. Tudo dentro do padrão, como ela já foi antes. Fora a economia de energia elétrica que isso me trará, dei uma grande sobrevida a esse aparelho gastando apenas R$ 143 e pouco mais de uma hora para fazer todo o procedimento e observar o funcionamento da geladeira.

Algumas fotos do equipamento sendo reparado a seguir. Boa sorte!


O conector de emenda Scotchlok 3M

Fixando o sensor novo com o Scotchlok

Fixação definitiva do sensor e dos conectores

Visão geral do sensor novo

Fim do reparo e tudo no lugar de novo

Detalhe do conector do termofusível e o sensor novo instalado

Termofusível antigo sendo retirado

Sensor novo instalado com Scotchlok

Início dos trabalhos e visão interna

Posição dos conectores internos

Os sensores originais comprados

O sensor de temperatura da serpentina

Fixando o novo sensor

Sensor novo pronto para instalação

Removendo sensor antigo

Detalhe do modelo desse aparelho


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar neste blog, você estará concordando de forma automática e amigável que o teor de seu comentário é de sua total e irrestrita responsabilidade, que Lucas Toledo não endossa ou compartilha de sua opinião e que este site não possui qualquer vínculo direto ou indireto com possíveis reações e/ou repercussão posteriores.

O site diyPowered, Lucas Toledo, as produções e atividades não possuem quaisquer tipos de vínculos com empresas, fabricantes e distribuidoras.

Ofensas, publicidade - incluindo comentários não produtivos com a intenção de divulgar blogs ou sites - ou qualquer conteúdo em desacordo com o blog não serão publicados.