GeForce 8400GS 1GB DDR3 - mais uma salva!

Mais uma vez dando sobrevida aos descartados pela pressa ou pelo consumismo, a GeForce 8400GS é uma placa bastante robusta e potente para seu tamanho e surpreende pelos cuidados na montagem da Point Of View

Já tive outros casos de sobrevida em placa de vídeo e também em placa mãe, como já postei aqui sobre a 9400GT, mas, esse caso em especial, se trata de uma placa muito bem montada pela Point Of View. Cuidados básicos como a dissipação do próprio chipset e também dos CIs de memória são observados de forma notável, o que nos diz muito sobre o conceito de engenharia da empresa. A placa possui uma saída DVI-I, uma HDMI e uma VGA.

O problema dessa placa era visivelmente a queima de um transistor PNP, que deixou tudo inoperante tanto na própria placa de vídeo quanto na máquina em que ela estava instalada, que não mais ligava. Poderia ter mais problemas, claro, mas esse transistor estava com um buraco - não tirei fotos - próximo a um dos terminais, com sinais de ter sido excessivamente aquecido até abrir o bico. Obviamente que foi substituída por uma placa nova e foi devolvida para o cliente, que sumariamente descartou a 8400GS sem pensar muito. Muito curioso que sou, decidi pegar para brincar e consultando os códigos SMD - tem um site muito bom chamado S-Manuals - cheguei ao (2S)B1025 - SOT89, que é um transistor PNP. Sem querer ter muito trabalho, procurei um PNP confiável qualquer e encontrei o (KS)B772 - TO126. Queria testar logo a placa e depois de verificar todos os possíveis componentes que também poderiam estar danificados sem encontrar nada de errado, dessoldei o B1015 e soldei no lugar o B772, seguindo a correta posição da pinagem, obviamente. Instalei a placa numa máquina e lá estava o vídeo funcionando perfeitamente, sem qualquer problema. Verifiquei o aquecimento do B772 e nenhum calor foi encontrado, o que foi ótimo. Em números, instalei um transistor com capacidade de corrente bastante superior ao original. Como tudo funcionou perfeitamente, parti para a limpeza minuciosa da placa, para deixar tudo bem novinho. 

Uma coisa que me chamou bastante atenção foi o cabo de alimentação do cooler. É um cabo de três vias que deve ser conectado à placa mãe - conector SYSFAN - para que o cooler funcione. O mais estranho é que a placa de vídeo possui um conector de duas vias para alimentar o cooler mas o cooler que está instalado não possui esse padrão. Considerações à parte, nem sei dizer se esse cooler é mesmo original dessa placa, que possui dois LEDs, um vermelho e um azul, que formam um efeito bastante interessante para quem gosta de LEDs por toda parte. Eu, particularmente, preferiria que fosse um cooler preto sem muita frescura. E um cooler decente, porque esse aqui é daqueles que fazem barulho e que ficam lixando o eixo até não girar mais. Em todo caso, a placa é muito eficiente, possui baixo aquecimento total e um desempenho bastante surpreendente. Sem maiores considerações, vamos aos registros.


Pasta térmica pra lá de vencida

Suja, iniciando a desmontagem

Já limpa e remontada

Saídas de vídeo VGA, HDMI e DVI-I

Detalhe do B772 posicionado na placa

Dissipadores em todos os CIs

** 26/05/2016

Esse update já era para ter sido publicado, mas como só resolvi o problema agora...

Seguinte. Ao instalar a placa, ela funciona normalmente. Mas ao atualizar os drivers e abrir resoluções maiores, havia uma tremulação, com faixas visíveis na tela. Semanas após descobrir esse problema, decidi verificar se não era algum capacitor que foi pro saco junto com o transistor que foi trocado. Não era. Só me restava desconfiar do transistor que eu coloquei lá - B772. Retirei ele, após trocar um capacitor com cara de suspeito, e coloquei um BC556 no lugar. Instalei a placa, liguei a máquina e lá estava meu problema resolvido. A imagem está perfeitamente estável, excelente qualidade. Não houve aquecimento nem qualquer outro drama. Vou deixar essa placa instalada e em uso para substituir uma AMD Radeon HD 5570. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar neste blog, você estará concordando de forma automática e amigável que o teor de seu comentário é de sua total e irrestrita responsabilidade, que Lucas Toledo não endossa ou compartilha de sua opinião e que este site não possui qualquer vínculo direto ou indireto com possíveis reações e/ou repercussão posteriores.

Ofensas, publicidade - incluindo comentários não produtivos com a intenção de divulgar blogs ou sites - ou qualquer conteúdo em desacordo com o blog não serão publicados.