Lego'Clock

Unindo os restos lógicos de um micro-ondas morto com o brinquedo mais genial já produzido, chegamos ao projeto DIY mais divertido e útil do site: o Lego'Clock. Com backup de energia e autonomia estendida, o projeto traz a praticidade do Lego para DIY com a reciclagem de material eletrônico

Nosso micro-ondas partiu faz tempo mas como eu não deixo nada passar, salvei a placa de comando inteira. Como joguei fora a membrana do teclado, precisei mapear cada tecla de 0 a 9 e o 'cancelar' para que pudesse utilizar como relógio. As demais funções não seriam utilizadas, portando, foram desconsideradas. Até pensei em utilizar a placa como timer de precisão, mas faz tempo que quero um relógio digital...




A placa originalmente possuía um transformador de duplo enrolamento (10V x 250mA e 7.5V x 50mA) que foi removido e substituído por uma fonte externa de 9V x 210mA (mais lixo: alimentava um telefone sem fio) casada numa configuração clássica com uma bateria de 9V de backup. O teclado para ajuste das horas, depois que mapeei as teclas, foi montado utilizando botões de clique de mouse e não é visto nas fotos porque é alocado dentro da 'caixa' de Lego, juntamente com a placa de comando - que foi cortada meticulosamente para reduzir suas dimensões - e a bateria de backup. Tudo coube cuidadosamente dentro desse gabinete nostálgico e colorido. Quanto ao consumo, é extremamente baixo e fica ligado todo o tempo sem perder o horário ajustado mesmo quando falta energia elétrica.

Uma última alteração que pretendo fazer é um ajuste de brilho automático dos LEDs do display. Quero algo bastante fraco no escuro e com brilho normal durante o dia, mas de forma autônoma, que ele entenda as alterações de luminosidade do ambiente e que se ajuste sozinho. Será atualizado em breve.


Display no escuro


Para ilustrar melhor o projeto, passo a palavra para minha estimada companheira, que também esteve presente em outro projeto do site e que contribuiu de forma avassaladora para que o relógio tivesse acabamento de Lego, que ela guarda desde a infância.

Ah... Fazia tempo que o Lucas estava de olho no meu Lego... Claro que eu só iria cedê-lo para um projeto que, além de genial, tivesse também um legado (ops) emocional. Nada de desperdiçar minhas pecinhas de quase 30 anos com qualquer coisa. Queria algo, na verdade, que eternizasse meu brinquedo favorito de infância e fosse, ao mesmo tempo, útil. O projeto do relógio digital se encaixava perfeitamente nisso.

Separei quais peças ele poderia usar e esperei pela criação, como de praxe. Mas a engenharia da coisa não fluía, então resolvi intervir, digo, monopolizar a parte estrutural do projeto. E então tudo foi se encaixando, literalmente. Fiz o mosaico nos mínimos detalhes, bem como manda meu TOC. Incluímos portas e janelas - também - pela falta de pecinhas, mas elas foram justamente a cereja do bolo do lego. Amei. Ah. E o nome foi ideia minha. Agora só falta regular a luminosidade do display para que eu consiga voltar a dormir.


Demonstração do backup de energia






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar neste blog, você estará concordando de forma automática e amigável que o teor de seu comentário é de sua total e irrestrita responsabilidade, que Lucas Toledo não endossa ou compartilha de sua opinião e que este site não possui qualquer vínculo direto ou indireto com possíveis reações e/ou repercussão posteriores.

Ofensas, publicidade - incluindo comentários não produtivos com a intenção de divulgar blogs ou sites - ou qualquer conteúdo em desacordo com o blog não serão publicados.